BANNER ROTATIVO

BANNER ROTATIVO
Mostrando postagens com marcador câncer de mama. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador câncer de mama. Mostrar todas as postagens

24 de julho de 2016

Fora do Ar!

Hello My Girls!

Aconteceram muitas coisas durante os últimos meses, o blog ficou fora do ar, o tratamento de quimioterapia  finalmente chegou ao fim e escrevi um livro!! Missão cumprida, foram seis meses dedicados a realização desse sonho, um livro escrito com a minha alma, com toda dedicação e amor. Agora, estou enfrentando a dura tarefa de encontrar uma boa editora que tope fazer parte desse sonho comigo e confesso para vocês, isso não tem sido nada fácil


Como já faz quase três meses que acabou o meu tratamento, o meu cabelo já está até crescidinho.


Aos poucos, vou contando os passos dessa minha nova empreitada! 

Beijoss!!
Att. Alana Baggioto



20 de dezembro de 2015

Oh Nicodemos, vamos nascer de novo?!

Foi assim que eu me senti, no dia em que eu me vi de cabeça raspada! Para quem ainda não conhece essa passagem, ela está na Bíblia, em João 2:23–3:21, quando Nicodemos questiona a Jesus, como era possível nascer de novo. Ele indaga: Como um homem pode nascer quando já é velho? Será que pode entrar no ventre da sua mãe e nascer outra vez? E Jesus lhe responde: Digo-lhe com toda a certeza: A menos que alguém nasça da água e do espírito, não pode entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do espírito é espírito. Não se espante porque eu lhe disse: Vocês têm de nascer de novo.



Minha filha de três anos, me disse algumas vezes que eu parecia um bebezinho careca e que ela iria cuidar de mim. Eu achei tão meigo a maneira dela encarar tudo o que está acontecendo, mas eu confesso que estou me sentindo realmente como alguém que acabou de nascer! Eu decidi nascer de novo, da água e do espírito, eu decidi nascer de novo para Deus, eu decidi viver na total dependência do amor de Deus!


Quando os meus cabelos começaram a cair, já havia se passado uma semana da primeira quimioterapia, no dia 07 de Dezembro, meu esposo com suas técnicas de barbearia (SQN mesmo..kkkk) se propôs a passar a máquina na minha cabeça, ele perguntou se eu preferia ir a um salão ou se eu deixasse que ele mesmo raspasse! Eu optei por ele!

Lá se foram as minhas madeixas cacheadas, naturalmente platinadas pela minha cabeleireira e amiga Mannu! Demorei tanto para chegar naquele tom de loiro!! Ahh... como eu amava aquele cabelo, tão hidratado e brilhoso...se deixar eu não vou mais parar de escrever sobre ele...kkkk! Mas, eu achei que sentiria até mais, chorei quando eles começaram a cair, mas depois de vê-lo todo raspado (precisou passar até gilete), eu não fiquei tão impactada, como achei que ficaria! Eu me sinto bonita careca, meu marido me acha bonita, meus amigos me acham bonita... a beleza realmente vem de dentro!


Somos nós que damos o verdadeiro significado para tudo o que passamos por esta vida! Se do meu estado atual de luta contra o câncer, eu consigo renascer da água e do espírito é porque eu sou grata a Deus, por mais uma chance de estar viva! Vamos arrancar das grandes lutas, forças para renascermos, para ajeitar tudo que estava ruim lá trás e começar a fazer tudo diferente a partir de agora! 

Vamos renascer, vamos aprender a viver na dependência desse Deus maravilhoso!! Amém?!

Beijoss!!
Att. Alana Baggioto

4 de dezembro de 2015

Triplo Negativo! O que é isso?!

Olá Meninas!

Finalmente, eu tenho agora os dois exames que comprovam a natureza do câncer que estava na minha mama, ele era triplo negativo! Foi feito um exame imuno-histoquímico que avaliou que os meus índices de progesterona e estrogênio estavam normais. No entanto, o resultado a respeito do índice de uma proteína chamada HER2 ficou duvidoso! Lá se foram mais quinze dias, esperando o resultado de um outro exame, chamado FISH, para saber se aquela proteína estava em excesso ou em quantidade normal dentro das células cancerígenas. De acordo com o FISH, deu HER2 - (negativo), isso quer dizer que os hormônios (progesterona e estrogênio) e a proteína HER2, estavam em quantidades normais na formação do tumor e não foram os responsáveis pelo surgimento do CA! Então, eu posso comemorar? Não mesmo! 
Essa qualificação de câncer de mama é na atualidade o pior prognóstico da doença, pois ainda não existe na medicina, um tipo de tratamento alvo, uma terapia aplicada a longo prazo, para combater qualquer tipo de recidiva do câncer! Que sorte a minha, hein?!


Em breve, o meu oncologista vai me requisitar, para que eu faça outros exames de possíveis mutações nos meu genes BRCA1 e BRCA2, a fim de descobrir uma causa para o CA! Geralmente, quando alguém possui mutações nestes genes, isso é passado de avó para mãe, de mãe para filha, de tia para sobrinha... já existe algum histórico familiar, no meu caso, ninguém nunca teve CA de mama ou ovário! Por isso, que eu vou deixar esse assunto lá pra frente, além do mais, esses exames são bem caros e no momento, realizá-los foge completamente da minha realidade orçamentária!!  
Quando a gente começa a investigar as possíveis causas de um câncer, os tipos de tratamentos, os numerosos casos de recidivas, tudo acerca daquela doença, ficamos, mesmo sem querer, apreensivos, preocupados, temendo em viver pouco, viver dias sem qualidade, dias de dor, de privação! Por isso que já dizia o filósofo a ignorância é uma benção, mas em contrapartida, sabemos muito bem que hoje em dia, a informação é um poder! Eu já sei muito sobre o tumor que estava em mim, já li bastante, já estudei, pesquisei, me informei, agora eu sinto que posso relaxar, já conheço bem o inimigo! Eu contemplo, no momento, uma estação de mudanças! 


Se eu pudesse dizer para cada paciente de câncer, assim como eu, triplo negativo ou não, eu diria isso: nós somos únicas, somos todas diferentes! Cada célula, cada organismo, cada gene são únicos! Nossas histórias são só nossas, nossas decisões, iniciativas, percepções são características muito pessoais! Não somos percentuais, não somos dados, somos vidas! Não importa se na medicina existe qualificação, títulos para doença A ou doença B, grau maior ou grau menor, subtipos, estágios... o que importa é a maneira como você se vê, a maneira como você se idealiza e a maneira como vê o mundo! Vamos viver a nossa vida, não se compare com aquela moça que já teve câncer várias vezes, cada ser é único, independente de qualquer classificação de CA! Não pense sempre no pior, aprenda a pensar sempre no melhor, procure sempre o melhor, mesmo em meio as adversidades!
Diante de tudo isso que está acontecendo comigo, eu resolvi mudar de vida, para viver mais, eu aprendi quatro maneiras de me curar do câncer:


1º. Colocar Deus acima de tudo - se antes eu já fazia, hoje eu me aperfeiçoei! Sim, hoje eu posso afirmar com toda a certeza, que sou realmente dependente de Deus. A gente, quando está saudável, pensa muitas vezes que está no controle de tudo, mas isso é um engano! A vida é imprevisível, os momentos são passageiros, um dia é sempre diferente do outro, por isso que reconhecer que é Deus está sempre no controle de tudo é resgatar a paz de espírito muitas vezes perdida! 

2ª. Mente Tranquila - é muito importante aprender a manter a calma. Remoer coisas do passado, discutir por qualquer bobagem, se aborrecer o tempo todo, não saber perdoar, são atitudes que só nos fazem mal. Hoje, quando estou com raiva de algo ou de alguém porque fez algo que me desagradou, eu resolvo na hora, eu converso na hora e coloco um ponto final! Não fico mais guardando mágoa ou remoendo o que já aconteceu, não vale a pena! Aprendi a ver o lado positivo de tudo e levar a vida numa boa! Menos estresse, a saúde sempre agradece!

3ª. Alimentação Saudável - Estou deixando de comer tanto doce, frituras, embutidos, farinha branca... eu andava comendo muitos alimentos vazios de nutrientes e acredito que uma alimentação alcalina não só vai equilibrar o meu corpo, como também bombardear tudo de ruim que possa vim a aparecer!

4º. Prática de Exercícios - É preciso suar, se movimentar, se sacudir! O sedentarismo chama doença! Só existe benefícios em se exercitar. Estou começando a fazer caminhadas e em breve vou voltar para a minha hidroginástica!

E é isso aí, meninas!
Fico por aqui.. Beijos!!

Att. Alana Baggioto

29 de novembro de 2015

Minha Primeira Quimioterapia!!

Olá Meninas!

Segunda-feira (dia 23/11/15), aconteceu a minha primeira sessão de quimioterapia! Eu não estou usando o famoso cateter, então foi diretinho na veia! Primeiro, colocaram um sorinho para limpar a veia, depois vem uns remédios para evitar enjoo e então chegou a vermelhinha! Não senti nada de desagradável, não queimou, não ardeu, foi tudo bem tranquilo! Meu marido me fez companhia a tarde toda, ele me faz super bem, me faz rir, cuida de mim, me faz sentir querida o tempo todo! Não preciso nem contar, que com certeza, ele é um das principais razões que me dá força nessa luta contra o câncer, né?!
Com o cabelo bem curtinho, já me preparando para ficar carequinha!
Na terça-feira, eu passei o dia bem, me alimentei direitinho, não senti fadiga e até fiz uma caminhada de meia hora a noite! Agora só posso me exercitar a noite, para evitar o sol! Porém, nos dois dias seguintes... o bixo pegou! Passei dias de cama, com uma falta de apetite gigante, enfiando a comida na marra, uma moleza no corpo, uma angústia horrível!
Graças a Deus, o pior já passou e hoje já estou bem melhor! Mas agora só tenho vontade de comer esfiha, torta de frango, sorvete, picolé... que loucura, né? Estou parecendo mulher grávida! 

Essa tal de quimioterapia está sendo uma experiência difícil, muito difícil! Os dias em que eu estive ruim, sem vontade de comer, eu me senti muito fraca, mas o meu pensamento estava focado apenas nas promessas de Deus para a minha vida! Eu me via naquele estado de cansaço profundo e só conseguia pedir socorro a Deus, eu me dizia o tempo todo em pensamento: - isso tudo logo vai passar!
E é isso que eu deixo para as minhas amigas que também estão passando por isso, pode acreditar, isso tudo logo vai passar! Logo, logo estaremos bem e contando história! Não vamos perder o foco, vamos depositar a nossa fé no Senhor, nos agarrarmos a vida com toda a nossa força, vamos fazer o nosso espírito triunfar sobre a nossa carne e tomarmos posse da nossa vitória!

Beijoss!!
Att. Alana Baggioto

31 de outubro de 2015

Me preparando para a Quimioterapia!

Olá meninas!

Faz tempo que eu não apareço por aqui, né? Hoje, eu resolvi dar notícias, conversar um pouquinho sobre o que eu tenho passado nesses últimos dias! Eu estou bem, me recuperando da mastectomia, me preparando para o segundo round dessa batalha!
Sabe, eu queria contar para vocês como nós somos fortes, nós mulheres temos uma força imensurável dentro de nós! Uma força de superação, de nos reinventarmos, de juntarmos todos os nossos pedacinhos e renascermos da dor, mais fortes, mais lindas e sábias! Todos os dias, eu me olho no espelho e agradeço a Deus por estar viva, por ter a oportunidade de beijar e abraçar a minha filha, de sentir o cheiro do meu esposo, de ouvir a minha mãe, de conversar com a minha sogra, com o meu sogro e com os meus amigos!
Nos permitimos por algum momento, chorar, sentir medo, um pouquinho de insegurança, mas apenas por um momento! Pois, o empenho maior é resguardar as nossas forças rumo a vitória!



A primeira vez que eu me vi com a mama reconstruída, eu chorei! A enfermeira entrou no quarto, eu estava deitada, ela disse: - eu vou retirar o curativo e você vai ficar a vontade para ir tomar um banho! Eu disse que iria esperar o meu esposo, que havia ido tomar café da manhã e ela concordou!
Ela retirou o curativo com bastante delicadeza e saiu do quarto, então eu me olhei e segurei o choro, em poucos segundos o meu esposo chegou, eu olhei para ele, um pouco nervosa e disse: - a enfermeira tirou o curativo! Ele quis logo ver, mas eu mantive o lençol escondendo e perguntei se ele me amava várias vezes (kkkkk) agora eu acho graça, mas na hora eu perguntava isso chorando e ele respondia: - muito, muito, muito.... e então eu mostrei, e ele disse que ainda ia ficar muito bonito! E não é que está ficando mesmo!



Estar cercada de pessoas que nos amam, pessoas confiantes, de alma leve e bem-humoradas faz tudo parecer possível, nos enchem de esperança e confiança! Eu tenho conhecido mulheres incríveis, guerreiras e vencedoras, com lindas histórias de superação e com brilhantes lições de vida. Eu tenho aprendido que a gente só se conhece verdadeiramente quando a vida nos surpreende com momentos assim, realmente difíceis, diante de enfermidades incuráveis, malignas, como o câncer! 

Só queria encerrar esse post, agradecendo a Deus por Ele ter me despertado, ter me conduzido desde o momento em que eu encontrei o nódulo até o momento em que eu sai do centro cirúrgico! Meu amigo inseparável, o que seria de mim se não fosse o teu amor, se não fosse o teu cuidado comigo? Sem o Senhor, eu não viveria, apenas sobreviveria! Obrigada Deus, a minha vida pertence a Ti!



Att. Alana Baggioto

29 de setembro de 2015

Exames tudo Ok! Cirurgia marcada!

Olá meninas!

Depois de uma semana fazendo todos os exames pré-cirúrgicos, enfim tenho a data da minha cirurgia marcada, dia 06 de Outubro de 2015. A minha mastologista me deu a opção de realizar apenas a retirada do quadrante, onde está localizado o nódulo, ou a mastectomia total da mama, eu preferi fazer a retirada total da mama, a fim de evitar uma recidiva! Confesso, que na minha última consulta, fiquei uma pouco em dúvida ainda, mas então conheci uma moça que já havia feito a mastectomia total de uma mama e o câncer havia voltado nessa mesma mama, em um tecido próximo a axila, depois de conversar com ela, acabaram-se as minha dúvidas: pode tirar tudo!!

A quimioterapia já é certa, a radioterapia talvez eu não precise fazer, já que optei em retirar toda a mama... a cada dia, eu aceito mais e me fortaleço em Deus, para atravessar por essa fase tão inesperada da minha vida, sei que vou ficar por algum tempo afastada do meu trabalho, com algumas limitações por causa dos efeitos colaterais da quimio! Mas, vai dar tudo certo...Deus está cuidando de tudo!

Então, é isso aí...meninas!
Beijoss!!

15 de setembro de 2015

Resultado da Biopsia: Câncer de Mama!

Olá meninas!

Há algum tempo atrás, eu escrevi um post explicando que iria me afastar do Blog... e dessa vez eu venho para contar, que hoje, eu não tenho mais a intenção de escrever sobre produtos de beleza, vaidade feminina e outros assuntos afins! Descobri que estou com câncer de mama e no momento é hora de me cuidar, mudar um pouco o meu caminho, o meu foco!
Foi um baque no momento em que eu li o resultado da biopsia, aqui está: carcinoma ductal invasor grau 2! Eu tenho apenas 32 anos e nunca imaginei que um dia teria câncer! Realmente, ainda não sei como vai ser daqui pra frente, vou à mastologista na quinta, dia 17/09, levar todos os exames que eu fiz até agora...provavelmente ela irá requisitar outros e me orientar quais os passos seguintes para a realização da cirurgia!

No momento em que eu soube que estava doente, confesso que me abalei mesmo! Quem não se abala em saber que está com câncer?! Mas, orei muito ao Senhor e agora estou tão tranquila, agora eu entendo aquelas pessoas que passam por grandes lutas, com um sorriso estampado no rosto e uma fé gigante em Deus! No momento da dor, nos desligamos do mundo, nos conectamos a nós mesmos, ficamos sensíveis, reencontramos a nossa essência humana e nessa hora, enfim conseguimos ouvir a voz de Deus, sentir a sua presença, a sua paz! E isto vem acontecendo comigo, sei que estou prestes a cruzar uma longo caminho, que sentirei dor, em alguns momentos me sentirei angustiada, vou chorar, mas não irei perder a fé! 

Vou lutar, vou viver, vou vencer!
Beijoss!!


Att. Alana Baggioto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...